Olá meus queridos!

Nessa quarta-feira (25/01) a cidade de São Paulo comemora mais um aninho de vida!

Uma breve curiosidade do wikipedia:

São Paulo é um município brasileiro, capital do estado de São Paulo e principal centro financeiro, corporativo e mercantil da América Latina. É a cidade mais populosa do Brasil, do continente americano e de todo o hemisfério sul do mundo, São Paulo é também a cidade brasileira mais influente no cenário global, sendo considerada a 14ª cidade mais globalizada do planeta,recebendo a classificação de cidade global alfa, por parte do Globalization and World Cities Study Group & Network (GaWC). O lema da cidade, presente em seu brasão oficial, é constituído pela frase em latim “Non ducor, duco“, cujo significado em português é “Não sou conduzido, conduzo”.

Meu comentário:

 Sou paulista e AMO essa cidade, acredito que seja a cidade mais “mista” do Brasil, onde você encontra paulista, japa, alemão, francês, indio e diversas outras culturas em uma só cidade, diversos mundos em um só lugar, cada bairro de São Paulo tem sua caracteristica própria, aqui é a terra da garoa, da cultura, muitas bandas gringas gostam daqui, os shows são continuos, São Paulo não para nunca, a terra da insônia haha, enfim, essa cidade consegue ser várias em uma só, parabéns São Paulo!

Agora, mais uma dica de livro!

Até mais, e obrigado pelos peixes!

(4° livro da série Guia do Mochileiro das galaxias)

Sinopse:

Depois de oito anos vagando pelos mais insondáveis cantos da Galáxia, Arthur Dent está de volta à Terra, e tudo parece estranhamente normal.

Todas as coisas estão em seus devidos lugares – sua casa, seu emprego, seu planeta –, e é justamente por isso que ele começa a desconfiar de que, ou ficou completamente maluco e tudo não passou de uma grande alucinação, ou algo de muito mais estranho do que viagens espaciais a bordo de naves alienígenas poderia estar acontecendo.

Em busca de respostas que possam explicar não só como a Terra poderia continuar a existir – já que ela havia sido destruída para dar passagem a uma estrada interplanetária anos antes –, mas também por que tudo estava absolutamente igual ao que era, exceto pelo misterioso desaparecimento dos golfinhos, Arthur começa uma nova jornada.

Uma das poucas pessoas que poderiam ajudá-lo a compreender toda a história é Fenchurch, uma linda garota que tem surtos psicóticos desde que teve uma revelação transcendental sobre o porquê de as coisas darem sempre tão errado para os humanos.

Decididos a encontrar a verdade, Arthur e sua nova companheira tentam descobrir se a CIA é mesmo a responsável por tudo, produzindo alucinações coletivas ao testar uma nova arma química, embora não acreditem nem um pouco nessa versão.

Juntos, Arthur e Fenchurch vivem um grande, profundo e divertido amor, cheio de beleza e poesia, mas repleto das mais inusitadas situações, enquanto procuram o motivo de tanta confusão.

Teriam os dois imaginado tudo aquilo? Mas, então, onde estariam os golfinhos? E o que queriam dizer com a mensagem “Até mais, e obrigado pelos peixes!”? Isso é o que você e Arthur Dent estão prestes a descobrir!

Meu comentário:

Por enquanto foi o melhor livro do guia, pois tem cenas fofas entre Arthur e a garota Fenchurch, por mais “doido” que seja, ver os dois voando no céu juntos, é um tanto quanto gostoso de ler o quanto eles foram feitos um para o outro, a “loucura” de Adams está amenizada neste volume haha’ muito embora a história do paradeiro dos golfinhos seja um tanto quanto intrigante.

Espero que tenham gostado da dica!

Bjsbjs!

😉

 

 

 

Advertisements